4 Sinais que mostram que chegou a hora de trocar de carro

0

cartão zona azul digital

Os carros têm vida útil. É importante reconhecer quando é hora de trocar de veículo. Existem vários fatores que determinam a vida útil do veículo, como o modelo, a marca, a manutenção e até mesmo o modo de condução. A duração média seria de cerca de 250.000 quilômetros. Por isso é importante saber quais são os sinais que indicam que é hora de trocar de carro. Confira:

 

Como identificar quando é a hora de trocar de carro

  1. Quando atingem o limite legal de desgaste

Muitas vezes há um grande apego ao carro e por isso a troca acaba sendo adiada. Mas é preciso se atentar a segurança. Quando o seu carro chegar ao limite será necessário trocar. Você já fez todas as manutenções possíveis, modificou as peças ruins e ainda assim ele dá problema? Isso mostra que chegou o momento da troca.

 

  1. Apresenta sinais de envelhecimento

Os carros se desgastam devido ao tempo, a maneira como dirigimos, a velocidade que usamos ou a carga que eles precisam suportar. Todos estes são fatores afetarão a duração de sua utilidade e sua capacidade ao longo do tempo.

 

3.Ruídos

Ruídos estranhos no motor, tanto ao iniciar como quando está em funcionamento.

 

  1. Está sempre com problemas

Sofre pequenas avarias, mas muito contínuas. O corpo está em mau estado, com ferrugem ou solavancos. Andar com um carro que já não funciona com o seu melhor desempenho pode ser um risco, e se torna preciso realizar a troca. Além disso, circular ou até mesmo estacionar em áreas do cartão zona azul digital com o carro em mau estado pode gerar multas.

Quando o condutor usa as vagas do cartão azul digital SP o carro poderá ser fiscalizado, pois há agentes que verificam se o veículo está cumprindo as regras de utilização. Desse modo, se o seu carro for visto em condições ruins poderá sofrer penalizações.

Portanto, busque sempre andar com o carro em bom estado, só assim você e sua família terão a  tranquilidade para circular em segurança evitando acidentes e multas.






Comentários no Facebook