3 Dicas para evitar os flanelinhas

0

Carro azul estacionado em frente a uma casa

Quem tem carro sabe que muitas vezes encontrar uma vaga segura pelas ruas de São Paulo pode ser bastante desafiador, é por isso que há as áreas de estacionamento do zona azul digital SP.  Para os locais obrigatórios os motoristas podem contar com o aplicativo que visa facilitar a busca e solicitação das vagas.

No entanto, apesar das outras alternativas existentes para que os condutores possam estacionar em locais que promova a segurança do carro há alguns motoristas que às vezes por pressa acabam confiando nos flanelinhas quando notam que há muita procura por áreas disponíveis.

Por mais que pareça a opção mais rápida e eficaz, deixar o carro no cuidado de flanelinhas pode gerar prejuízos e danos ao veículo. Para evitar isso daremos a seguir algumas dicas. Confira:

Evite os flanelinhas

A falta de tempo ou a grande procura por vagas faz com que muitas pessoas optem por deixar o carro na primeira vaga que aparece, algo que não é recomendado. O ideal é sempre avaliar o local, buscando sempre garantir a tranquilidade na hora de estacionar.

Esse tipo de situação dá aos flanelinhas a oportunidade de oferecer vagas “melhores” mas que na verdade podem fazer com que o condutor cometa algum tipo de infração, caso não esteja atento.

Há sim flanelinhas que trabalham para ajudar os condutores na procura de bons lugares para estacionar, mas estes precisam estar regulamentados e não são permitidos cobrar qualquer tipo de taxa para este serviço.

  • O recomendado é sempre procurar por estacionamentos regulares como o Zona Azul SP;
  • Não pague taxas por este tipo de serviço, se ele exigir pagamento isso pode ser considerado como crime de extorsão;
  • Caso você perceba que o flanelinha está trabalhando ilegalmente, ou se você se sentir extorquido, é importante fazer uma denuncia formal.

Com essas dicas você saberá evitar a ação de flanelinhas ilegais e lembre-se que o melhor é sempre optar por vagas seguras e regulares como as da zona azul digital SP.




Comentários no Facebook